Dias de correria, cansaço e de um gostinho amargo na boca...

21:49 Tays Rocha 31 Comments

via Tumblr
 
Quando eu fiz o post sobre a minha mudança eu recebi tantos emails, comentários e palavras de carinho e incentivo, que eu ainda nem consegui responder todo mundo (meninas de Londrina e Cambé, eu não esqueci, só mais um pouquinho de paciência e eu já falo com vocês com calma). Acho que todo mundo conseguiu perceber bem o quanto eu estava angustiada e ansiosa com tudo isso... mas o fato é que não era apenas isso. Eu sempre fui uma pessoa muito tranquila em relação à mudanças e aceitar o novo, apesar do meu apego com minha família e meus amigos. Em condições normais isso não teria me afetado tanto, mas até então eu não podia falar à respeito, mas agora que tudo enfim se definiu, eu posso...

A questão não se restringia a sermos transferidos prá Londrina, mas sim que na mesma semana que fomos transferidos, meu marido recebeu um convite prá participar de um teste seletivo na empresa que ele trabalhava em Guarapuava, de onde viemos embora há quase 5 anos. Isso gerou uma série de planos, de expectativas, ficamos ansiosos e esperançosos que desse certo. Eu nasci em Guarapuava, depois que me formei, casei e voltei a morar lá porque meu marido era do exército e tinha sido transferido, lá eu tenho toda a minha família, minha mãe e tios, lá eu fiz grandes amizades, eu conheço praticamente a cidade inteira, eu comecei o artesanato, dando aulas, desenvolvendo produtos, desenhos e riscos prá pintura country quando ainda não havia nada, lá eu estou em casa... 

Entre ir prá Londrina que fica a 400 Km daqui onde não tenho família nenhuma e mal conheço ninguém, óbvio que a proposta de voltar prá Guarapuava, que fica a 250 Km, onde tenho minhas raízes, uma cidade pequena, nos parecia tão mais aprazível e confortável. A questão é que os dias foram passando e a empresa não nos dava uma resposta sobre essa vaga, sobre como estava o processo de seleção, e nós fomos ficando ansiosos e com o coração apertado, vimos nosso tempo se esgotando, porque se a resposta não viesse seria complicado, precisávamos fazer matrícula das crianças, procurar uma casa... e o medo de fazer isso tudo e depois sermos chamados? Teríamos transtornos e multas, de cancelamento de contratos e etc... de mais a mais, meu marido é uma pessoa muito idônea e responsável, estava preocupado tambem em deixar a empresa na mão, não queríamos as coisas dessa forma. Nós dois somos muito parecidos nesse sentido e temos por princípios sermos gratos e sair sempre deixando portas abertas, porque a gente não sabe o dia de amanhã e podemos querer voltar né? 

Quando fomos prá Londrina, estávamos no auge da ansiedade e fomos porque sentimos que precisávamos fazer algo, fomos na incerteza, mas tentando ver as coisas com bons olhos. A questão é que nossa vontade e nossos corações não estavam lá e talvez por isso eu não consegui enxergar as coisas com tanta animação, eu não dispus do meu melhor. Muito difícil isso, você ter que viver uma coisa na sua vida, quando dentro do seu coração não era exatamente aquilo que você queria, que você sonha e gostaria, mas por falta de opção é preciso se adaptar e saber levar.

via Pinterest

Passados alguns dias, eu percebi que a ansiedade estava me fazendo sofrer mais que qualquer coisa, não só por isso, mas também por outras coisas, então fui humilde, mais do que o normal e pedi à Deus apenas que me desse as respostas que eu precisava, não importava quais fossem, que se eu estou passando por tudo isso, Ele sabe o porque, Ele sabe o motivo... mas que as coisas estavam chegando a um ponto que eu não estava mais suportando e isso passou a refletir na minha saúde, na minha convivência com as pessoas, no meu ânimo. E diante disso, a minha vontade tinha perdido a importância, eu queria apenas as respostas prá que eu pudesse guiar minha vida, seguir meu caminho, saber que direção tomar. E é engraçado como as coisas ganham e perdem importância na vida da gente num intervalo muito curto de tempo, nossas prioridades são na verdade muito relativas... Então, em três dias a resposta veio, recebemos a notícia que não daria certo em Guarapuava, ficamos sim muito tristes, isso caiu como um balde de água gelada... chorei, chorei muito por esses dias, coloquei fora tudo isso de ruim que eu estava sentindo, mas de certa forma estou aliviada. Agora sei qual é o meu caminho, que não há outra escolha e é nisso que vou me concentrar. Minha mãe estava aqui, tinha vindo de Guarapuava passar uns dias e isso me ajudou bastante, porque saimos, arrumamos a casa prá que a imobiliária viesse fotografar, cozinhamos e falamos de artesanato, esses dias passaram que nem vi.

Então agora é oficial, estamos de mudança prá Londrina, um pouquinho adiada, do dia 02/12 prá uma ou duas semanas depois porque a formatura do Leo foi marcada prá 09/12 e não quero que ele falte. Já definimos a escola e fizemos as reservas de vaga, agora vamos começar com a saga das casas... meu marido está indo prá Londrina na próxima semana, ficará alguns dias prá definir isso. Estou cansada, aproveitei isso tudo prá dar uma geral na casa, nos mínimos detalhes, reorganizei tudo, doei muitas coisas, separei outras e minha churrasqueira que estava um depósito, está um brinco, tudo absolutamente organizado. Além disso, aproveitei minha mãe por aqui e cozinhamos prá congelar, tenho comida de mãe por um tempinho no freezer. Ontem fui levar minha mãe prá Ponta Grossa, que fica pertinho daqui, tinha tanta coisa prá levar prás minhas irmãs, porque minhas sobrinhas são menores que a Mariana, então tudo sai daqui prá lá. Fazia muito tempo que eu não as via, aproveitei prá matar a saudade, tão pertinho e eu não as via há mais de 2 anos.

via Tumblr
 
Fomos na hora do almoço e no final da tarde nós estávamos aqui novamente, foi rápido, mas foi bom, família é sempre bom, reunimos as crianças e foi uma farra só. Na volta meu marido estava com sono e não quis dirigir, eu voltei com os três dormindo no carro, um tempo tão nublado, depois chuva, frio e a estrada lotada... nessa hora eu senti o peso disso tudo, tinha deixado minha mãe, não sei bem quando vou conseguir vê-los novamente, quero fazer o possível prá ir prá Guarapuava no feriado e ver minha família e amigos, porque devido à distância, tudo deve ficar mais complicado agora, creio que não conseguirei vir nem mesmo pro Natal.

Mas de tudo isso, uma certeza... que estou em paz, sabendo agora que tenho um rumo, independente da minha vontade, mas sei qual é o meu caminho. Certeza também que quando eu voltar à Londrina, eu verei tudo isso com outros olhos e com mais carinho também. Estou ainda com aquele gostinho amargo na boca, mas logo passa e sei que o futuro nos reserva grandes alegrias, porque meus sonhos estão apenas mudando de endereço...

Agora estou focada em cuidar da minha mudança, comecei a embalar minhas coisas com calma e carinho, não quero deixar nada em mão de transportadora como da última vez em que muita coisa se perdeu... já que vou morrê naquele calor do norte quero procurar e achar uma casa com piscina e comprar um biquini novo kkkkkk ou apartamento do meu gosto, que me atenda no que preciso e que se encaixe no meu orçamento, o resto tudo se ajeita, é sintonia fina.


Não sou de #mimimi, não sou de fazer drama, nem de dar ibope prá depressão, então vim, contei, desabafei, cabô! Amanhã é outro dia, outro post, novo ânimo, dia de tirar o pó dos emails todos, Facebook e do Twitter, e de abrir as janelas prá entrar o sol, ainda que não tenha um, eu faço um de scrap prá colar no vidro ;o) né? Se não tem a gente inventa...

via Inspiring Pictures

Eu fico sempre muito feliz, com tantos emails, carinhos, FB e TT cheio de citações, muito obrigada mesmo, de todo o meu coração, e além disso nesses dias que eu não vim, muitos seguidores e leitores novos, obrigada! Estou retomando tudo essa semana  e o sorteio enfim vai sair, também tem pap novo, meus presentinhos que estou atrasada há séculos prá postar, na sequência tem peças minhas, scrap party para um chá de bebê e festa infantil, meu scraproom, craftroom e meu depósito de recicláveis que prometi prás meninas do TT, além dos printables, receitinhas, artes das crianças e esmaltinhos que não posto há tanto tempo. Assunto não falta, tenho pauta até o Natal (sou chique? kkkkkkkkkk), aliás encerro Natal no final do mês e em seguida já inicio os projetos de Páscoa (oi?); o que me falta mesmo, de verdade verdadeira é o tempo ;o( mas vou tentar me organizar melhor à partir dessa semana, me aguardem!

Obrigada pela visita, pela leitura, algumas por me ouvirem... quem tem amigos tem tudo, é o ditado mais certo.

Beijos e uma boa semana ♥

Leia também

31 amigos comentaram, comente também!:

Sueli Moraes disse...

Tays, adorei ler sua postagem de hoje! Fico muito feliz em saber que tudo está se encaminhando e que vc está se animando com a mudança.Voce vai ver, será mais fácil do que vc imagina!!!
Olha, também quero aproveitar para agradecer as dicas para o dia dos professores, eu amei!!! Fiz um kit como aquele que vc postou, do organizador de plástico. Achei tão legal a idéia que indiquei seu blog para um monte de gente!!! Obrigada por compartilhar tanta coisa legal!!! E muito obrigada pelos recadinhos em meu blog, cada vez que leio fico muito contente!!!
Pode ter certeza que mesmo de longe estou torcendo muito por vc e pela sua família!!!
Bjs e ótima semana!
Sueli

Nanci disse...

Oi, Thaís, eu te entendo pq tb estou de mudança e minha tb foi bem dramatica mas por motivos diferente. Espero que tudo dê certo e Deus ilumine seu caminho. bjs.

Só digo uma coisa. Guarapuava ou Londrina, a gente (eu e o Zico) vai de qualquer jeito!!

Estou aqui (mesmo que não pareça) para o que der-e-vier.


Beijos

Carine Gimenez disse...

Tays querida
Deus sabe tudo sempre!O importante é que você deixou que Ele conduzisse a situação e tem procurado aceitar humildemente,da melhor forma possível.
Tenho certeza que tudo dará certo,vocês serão muito felizes em Londrina.
Agora procure ficar bem,relaxa.
Eu também desabafo chorando,depois parece que tudo renova,fortalece.
Precisando ou não conte comigo,estarei sempre aqui pra ti.
Você sabe do carinho que sinto por ti e seus filhotes.
Beijos linda.

Tays, eu sei bem o que vc passou nesse período de incertezas, sem resposta...é realmente angustiante. Mas ainda bem que tudo se resolveu, coloque nas mãos de Deus sempre, e como acredito que nada acontece por acaso, vc vai ser muito feliz em Londrina, tenho certeza! A vida nos leva por alguns caminhos que às vezes não queríamos, mas que com certeza tem uma razão para passarmos por ele.
Exercite a paciência, uma grande virtude!
Beijo grande! Gi

Taninha disse...

Pelamordedeus!!!!! Dia 02 de Dezembro é meu níver né?!?!?!? Imagina ir embora nesse dia? Nem pensar... TÔ triste, mas tô feliz. Dá prá entender?!?!? Eu sei que vc entende. Triste porque vc ficará longe de mim, não nos veremos mais com tanta frequÊncia, perderei minha parceira da TEC, mas sei que se foi decidido assim é porque existe muita coisa boa esperando por vcs. Aí fico feliz!!! "Vou chorar, desculpe, mas eu vou chorar..." Temos que marcar nosso café!
Bjsssssss
Taninha

Tays,
Não vou entrar em detalhes mas seu post, tão pra cima, querendo fazer um sol se o original não aparecer, me deu um ânimo enorme.
Me deu vontade de sacudir a poeira também, e dar a volta por cima.
Você me inspirou, e nem sabe o quanto.
Beijosssss

Nem sempre o que a gente quer é o melhor para nós. Que bom que você entregou a Ele.
Tenho certeza que serão muito felizes lá e vai nos contar muitas histórias.

Chorar é o melhor remédio, lava a alma e ficamos prontas para seguir em frente.

beijo grande cheinho de carinho.
uma semana abençoada!

Caroll disse...

Tays,
Que Deus abençõe vc e sua família nessa nova caminhada!!
Bjs

True Colors disse...

... eu sabia que vc teria as respostas que tanto precisava.... Ele ( o cara la de cima ) sabe o que esta fazendo...
e que as janelas se abram !!! o SOL vai entrar !!!! ENERGIA pura !!!

AMO vc !!!
Beijos Coloridos !!
Lu
True Colros

Ahhh, mas casa com piscina a gente vai se encontrar toda semana! rsrsrsr

Brincadeira querida!

Como eu disse, eu entendo perfeitamente o seus sentimentos porque passei por algo parecido.

Para ficar perto da escola dos meninos, se vc quiser apartamento procure na região da Rua Santos, Paranáguá que é um lugar muito charmoso, no centro e com tudo por perto.

As casas, ficariam um pouco mais longe na região do Avenida Maringá.

Eu acho uma região bonita, com tudo perto, fácil para seu marido ir a CAmbé e perto para levar seus filhos à escola.

No mais, estou na torcida!

Beijinhos

Patricia disse...

Bom dia querida!!!
Fico feliz em saber que seu coração está se tranquilizando e que encontrou seu caminho,agora é partir pras novas oportunidades que com certeza estão por vir.
Seja muito,muito feliz nessa nova fase de sua vida e fica em Paz!
bjs grandes
Patricia Petro

Pat Faz Arte disse...

Oi Tays!!!
Acabei de ler seu post e pude realmente sentir o seu drama, pois estou num desses tem 2 anos desde que tive que largar 6 anos de estória para trás, minha casa confortável com piscina em frente a praia que caminhava todos os dias, meus amigos, tudo que já fazia parte da minha rotina para vir para o Paraná.
Sou carioca, que morei por anos e anos na Bahia....então você pode imaginar o CHOQUE???
Maringá é uma cidade linda, mas fazer amizades no sul não é tão fácil quanto no sudeste ou nordeste...e até hoje, me sinto um peixe totalmente fora d'água aqui.
Não temos convívio com amigos constantes, não tenho família por perto...e acho que se não fossem as artes, a internet e acima de tudo DEUS, eu não suportaria!!!!
Espero que possamos então (estando mais pertinho agora) marcar alguns encontros, crops, estreitar laços de amizade...quem sabe???
Pense como eu que Deus sabe de todas as coisas....TODAS MESMO!!! E certamente o trabalho do seu marido, assim como o do meu apareceu de repente, não foi a toa...Seu talento também fará muito sucesso por aqui!!!
O clima é estranho, mas acho que a gente supera essa parte!!!
Sucesso e muitos beijos!!!
Pat.

Ah bom,
agora entendi a história toda. A dúvida realmente torna tudo mais difícil, a incerteza se torna uma nuvem bem cinza sobre as nossas cabeças.
Vocês vão ver como Londrina é uma cidade muito gostosa de se viver. É grande mas tem um jeitão de interior. E eu, estou super feliz, imagina, a Tays aqui perto de mim!! Hahahahaha! Muito bom isso, gente! Não que eu não sinta a sua tristeza. Que pena, sair de perto da família e do que é familiar. Eu sinto, sim. Mas que bom que vc logo vem, amiga!!!
Bjsssssss...

Julia Cotrim disse...

Tays querida fiquei totalmente presa ao que você escreveu e meus olhos foram se enchendo de lágrimas como se fossem os seus...
E quando o sol apareceu, apareceu aqui também e iluminou tudo e me deu a certeza que o seu caminho é esse e que TUDO vai dar certo - sabe porque? porque VOCÊ QUER!
Beijos minha querida e lembre-se que tudo tem uma explicação!

Clau Finotti disse...

Oi Tays!

Acho que muitas vezes não entendemos aquilo que nos acontece, mas Deus sabe e no fim esses pontinhos todos se ligam, fazendo um desenho que compreenderemos melhor.

Você é uma pessoa muuuuito boa, alto astral, dedicada à família, produtiva, linda, bem resolvida e tenho certeza que junto com marido e seus pequenos, irá se adaptar à nova vida.

Quem é bom sempre atrai coisa boa. Tem um lance lá na Bíblia (sou péssima com a Bíblia...rs) que diz algo como "buscar primeiro o reino de Deus e tudo mais vos será acrescentado". Eu entendo assim, se formos justos, bons, o resto virá.

Afff, óia eu dando uma de conselheira bíblica, hahaha

Beijocas.

Clau

Andreia Lica disse...

Tays, as vezes o caminho que Deus escolhe nem sempre é o que queremos, mas saiba que se ele te mostrou esse caminho é porque nele voc~e aprenderá o que for necessário para carreagar na bagagem da vida.
Que bom que você começou a ver a vida pelo outro prisma...

Bjos e uma otima semana.

Lola disse...

Tays a vida é assim mesmo. Muitas vezes pensamos: Pôxa! Mas eu queria tanto aquilo...mas com o passar do tempo a gente percebe que a outra opção também fazia sentido e talvez era até melhor do que aquela que a gente sonhava anteriormente!
E vc está certíssima! Não deu? Ok! Bola pra frente!

Bjs

Ana Kroetz disse...

Tanta mensagem linda que as meninas mandaram, que só quero acrescentar uma coisinha:Tem alguém precisando de vc e seu talento lá em Londrina...Vai com fé em Deus, rumo ao seu destino...Vc vai ser SUCESSO lá, também...
Bjs,Ana

Todos os ventos são favoráveis quando sabemos para qual porto rumamos. Bons ventos a acompanhem amiga querida. E te tragam de volta vez em quando.

Beijos,

Cris Turek

Amiga,nem sempre aquilo que tanto queremos,é o melhor pra gente.Mas no momento que você entregou na mão DELE,pode crer que ele vai te direcionar no caminho certo. Daqui a algum tempo,vai contar as novidades,e vou torcer muito que seja feliz e encontre muita tranquilidade para sua vida.Já pensou se essa transferência fosse aqui?Eu iria amar Kkkkkk
Seu post foi ótimo,agora bola pra frente.
Um beijo e força minha linda!

Cissa Branco disse...

Tays,

Que coisa né, a vida sempre nos ensinando, e Ele sempre nos colocando no melhor caminho. Tenho certeza que tua felicidade está com sua família, e se estiverem em Londrina, é lá que ela se concretizará. Tenho certeza também que ficará tudo bem, e sempre que precisar recarregar as baterias, corre para o colo da sua mãe, 400 km nem é tão grande, imagina se vc estivesse no MT? Aqui fico a 3000 km de qualquer parente, então se formos ver 400km é ali do lado. Tudo vai dar certo, confie.
Grandes beijos

Margarida disse...

Tays querida, é uma pena não ter sido como você gostaria, mas você pediu e a resposta e veio. Então, pode acreditar que em Londrina estará a felicidade sua e da sua família.
Beijos mil, Guida

Ana disse...

Que essa nova janela que está se abrindo entre muita luz e novas conquistas!
Beijos!

Tenho certeza que você será muito feliz nesta nova etapa!!! Quando conseguimos superar as dificuldades tudo ser torna mais emocionante. Se fosse fácil não daríamos valor. Sou filha de militar e me mudei algumas vezes, mas tudo isso só acrescentou na minha vida. Com seu carrísma Thais você será recebida de braços abertos em Londrina. Vamos sentir sua falta, mas estamos torcendo por vocês. Bjus Meg

Denise disse...

Então, que o novo seja "Bem vindo" e o amargo seja "Bem indo" né! Deus quando fecha uma porta, abre uma janela, nem que seja de emergência e a gente tenha que quebrar um vidro pra passar por ela. Pra tudo tem um jeito. Sou esposa de militar e sei o que é ficar se mudando, deixando família e tudo mais pra trás. Que na nova jornada vc tenha muita sorte, muita fé, e que tudo de certo. Bjs

Bel Rech disse...

Tays, uma coisa que faço sempre em todas as situações é sim pedir a Deus que nos mostre o melhor caminho e sempre Ele mostra o melhor, embora às vezes nebuloso, sem muita clareza,as coisas vão se ajeitando, nadada é por acaso...É triste quando deixamos nossa família e amigos, mas certamente lá na frente algo te espera.
Já passamos por muitas destas, viagem para cá, para lá, agora estamos morando 13 anos aqui, em uma cidade pequena, mas perto de tudo e adoro.No início nada é fácil, mas vamos nos acostumando e tentar ver as maravilhas que nos apresentarão...
Paz e bem

Angela Artes disse...

Oi!!! Adorei sua postagem! Me ví nessas linhas por alguns instantes... não no fato da mudança física, mais nas mudanças/decisões que temos que tomar e que não dependem apenas de nós... mais como NADA ACONTECE POR ACASO... tenho certeza que serás muito feliz nessa nova etapa e que muitas oportunidades, amizades,idéias novas surgiram a partir disso tudo.
Fique em paz consigo!Sorte!

angelamartins.artes@hotmail.com

Tays,

Eu entendo bem o que é isso, afinal, moro a 1580 km da minha família. Aqui não tenho amigos, os poucos que tenho estão espalhados em Brasília, Bahia e agora aqui na rede. Essa dor, esse desamparo vão dar lugar a uma vida nova, espero que Londrina os receba de braços abertos e que lá vcs sejam muito felizes.

Um beijão!

Cibele Leite disse...

Tays querida!

Não deve ser fácil ficar longe da família, mas tem os planos de Deus, que esta sempre ao nosso lado.

Um super beijo

LILIANE disse...

oi flor...
fui lendo com cuidado suas palavras e que bonito, você é uma mulher de muita fé.
Decidiu colocar nas mãos de Deus e Ele trouxe algumas respostas tão importantes pra sua vida.

Certamente, foi um momento difícil pra todos vocês, mas está se abrindo novos caminhos e novas possibilidades.

E realmente, ao doar as suas coisas você está abrindo caminho pra que novas experiências aconteçam.

Estarei agradecendo a Deus por sua vida, e torcendo muito por ti.

Amei as lembrancinhas do dia dos professores.
lindas.

ah... esta semana estarei linkando seu blog, tá.
beijos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...