Paella de Frutos do Mar - Receita tradicional e uma opção facilitada

10:20 Tays Rocha 8 Comments

 Imagem daqui

A paella é um prato à base de arroz, típico da gastronomia espanhola e que tem as suas raízes na comunidade de Valência, daí que em Portugal seja comumente conhecido como Arroz à Valenciana. Surgiu na Espanha, nos séculos XV e XVI, na região de Valência, mais especificamente na região de Albufera, região de grandes arrozais e de grande produção de verduras frescas. Originalmente um prato popular, foi criada pelos camponeses que partiam para o campo com a paellera ou paella, arroz, azeite e sal e agregavam ingredientes da caça, legumes da estação e as sobras que possuíam. O tomate só foi acrescentado posteriormente, trazido da América por Cristóvão Colombo, e o frango, que era muito caro para os padrões da época.

O prato é chamado paella devido à paellera ou paella valenciana, uma espécie de frigideira, de ferro ou aço, onde são preparados vários pratos da culinária valenciana, como o arroz negro e o fideuá. A paella ou paellera, é uma frigideira rasa e grande (diâmetro mínimo de 30 cm), com duas alças. O formato da paella favorece o cozimento do arroz por igual.

Em Sevilha, este prato suntuoso é servido cada vez menos como um prato gastronômico nos restaurantes da cidade, mas apenas industrializado, congelado e comercializado sob o rótulo Paellador, que privilegia as porções individuais e que não tem nada de comum com o "knowhow" da cozinha espanhola.
 E então numa segunda feira dessas... estava eu com uma vontade de grávida, sem estar grávida... pura gula, me invoquei que queria comer paella. Adoro, é um dos meus pratos preferidos, fazia muito tempo que não fazia. Aliás eu amo tudo que vai arroz na preparação, tipo risotos, canjas e etc... O supermercado perto da minha casa tem uma peixaria excelente e bem completa, peguei a receita e fui, decidida a comprar os bichinhos todos. Pensa numa pessoa gulosa disposta, aqui em casa só eu como, meu marido corre de tudo que se cria na água. 

Chegando lá, vi que tinha tudo, mas resolvi dar uma olhada na seção de congelados, vi um pacotinho que me interessou, Ingredientes para Paella da Leardini, achei muito prático, porque é um pacotinho de 300g de mix de frutos do mar, achei também econômico, paguei menos de R$ 10,00. Óbvio que eu li correndo e não prestei atenção no conteúdo do pacote, quando cheguei em casa vi que não eram só os bichinhos, mas também o tempero próprio, prontinho prá fazer a Paella completa.

Só que eu sou muito chata com esses temperos de pacotinho estilo Miojo, pensei... vai ficar com gosto de frutos do mar sabor Miojo... kkkkkkkkkkk. Abri o pacotinho e percebi que na verdade, o tempero era basicamente açafrão, provei e não tinha gosto de Miojo.
Eu tenho por mania, trauma, TOC... não conseguir usar nada que vem pronto, direto do pacote ou lata, mesmo molhos por exemplo... eu refaço, o que eu compro pronto vem  apenas como base ou complemento. Então do jeito de sempre, eu refoguei a cebola e o alho, em seguida acrescentei tomate picado sem sementes e depois cebolinha-verde e salsinha. Refoguei bem até formarem caldo e diminuíssem de volume.

Também sou meio nojentinha com frutos do mar, então eu os escaldei antes em uma panela separada, só uma leve fervura prá não deixá-los crus. Depois de fervidos e escorridos, eu juntei a mistura aos temperinhos e refoguei mais um pouco, até praticamente secar todo o caldo.

Eu gosto de arroz agulhinha tipo 1, aquele branco e fininho, não uso arroz sem lavar mas nem.... kkkkkkkkkkk, sou cheia de TOCs na cozinha como podem perceber, mas vi de perto o processo de parboilização e fermentação de arroz... e olha... aconselho a lavar, tá? Eu lavo muito bem, troco a água umas quatro vezes e deixo secar. Depois de lavado e sequinho, misturei 2 xícaras aos frutos do mar e refoguei por alguns minutos, nessa etapa entrei em crise de identidade, faço do jeito de costume que eu sei ou arrisco esse pacotinho de Miojo? Gosto de emoções fortes e de viver perigosamente, usei o tempero e refoguei tudo junto. Adicionei quatro xícaras de água fervente, mexi bem, baixei o fogo e deixei cozinhar, quando estava quase seco, mexi bem, desliguei o fogo e mantive a panela tampada por  uns 10 minutos.

O temperinho era basicamente açafrão mesmo, não ficou com gosto de comida pronta, muito gostoso, sabor suave, não me deu azia (meu termômetro), aprovado. De início comprei achando que eram só os bichinhos, mas achei muito prático e simples de fazer, acessível prá qualquer pessoa, mesmo sem experiência na cozinha, só os camarões eram bem pequenos, da próxima vez eu quero comprar uns maiores prá dar uma incrementada, porque amo, mas no geral, o produto vale à pena, rendeu 3 porções bem servidas. Lógico não é a Paella tradicional, mas achei uma opção bem boa prá uma refeição rápida, com muito sabor.

A minha receita é bem mais elaborada, com rendimento e custo bem maiores também, receita prá se fazer com tempo, num almoço em família, sem pressa. Eu não gosto muito dessa culinária de todo dia, da obrigatoriedade de cozinhar da vida escrava, mas amo esses rituais culinários de domingo, em que reuno minha família e faço pratos elaborados e todo mundo ama vir aqui, programa que vai tarde adentro e emenda com o café. Já temos data marcada prá fazer a Paella Valenciana, que será no Dia dos Pais, com sobremesa especial.

Deixo aqui a minha receita prá quem quiser testar:

  • ½ xícara (chá) de azeite virgem
  • 1 cebola média picada
  • 4 dentes de alho amassados
  • 2 tomates médios sem sementes picados
  • Cebolinha verde
  • Salsa
  • 3 ½ xícaras (chá) de arroz próprio para paella
  • Água em quantidade indicada na embalagem do arroz
  • 1 taça de vinho branco
  • 2 colheres (sopa) de açafrão
  • 300 g de mexilhão fresco e limpo na concha ou não
  • 300 g de polvo fresco, limpo e cortado em pedaços
  • 300 g de lula fresca, limpa e cortada em anéis
  • 300 g de camarões grandes, frescos e inteiros
  • 300 g de camarões médios, frescos e inteiros
  • Sal à gosto
  • Pimenta à gosto (indicada a pimenta-da-Jamaica)

Modo de preparo
  • Lave o arroz e deixe escorrer toda a água, reserve.
  • Afervente os frutos do mar. 
  • No caso dos mexilhões, se usar com concha, ferva até que se abram, depois de tudo aferventado, separe os frutos do mar e reserve o caldo.
  • Em uma paellera de 30 centímetros ou qualquer panela de fundo raso  e largo (eu uso a minha WOK), aqueça o azeite e frite a cebola e o alho durante 3 minutos, acrescente o tomate e temperinhos verdes, refogue até murcharem bem.
  • Acrescente os frutos do mar e refogue tudo junto por mais alguns minutos.
  • Acrescente o arroz e refogue bem, em seguida, junte o açafrão, o vinho e o caldo reservado, mexa bem até que este se dissolva e deixe cozinhar por 10 minutos.
  • Se o arroz for o parboilizado, recomenda-se cozinhar por 20 minutos com a panela tampada em fogo baixo e, se necessário, coloque mais água.
  • Acrescente tiras de pimentão vermelho, vagens ou ervilhas se quiser, cozinhe por 5 minutos.
  • Acerte o sal, a pimenta e sirva regado com fios de azeite de oliva.
  • Em caso de sobra, conservar na geladeira e consumir em, no máximo, 3 dias.

Experimentem, é uma receita rápida, simples e deliciosa.
Beijos e bom feriado ♥

Leia também

8 amigos comentaram, comente também!:

nossa que tudo....não posso comer sou alérgica a camarão....snif...snif....
Boa Páscoa!!!!!
kisses
Rosana

True Colors disse...

uuuaaalllll !!!!!
Cada vez vc me surpreende mais !!
Que prato e comidinha mais linda !!! (apesar de ão gostar de frutos do mar ) esta com um cara otteemmmaaa !!
E com certeza a familia deve ter aprovado !!!
Tays !!! vc é especial !!!
Parabéns, sempre !!
Beijos Coloridos !!
Lu
True Colors

Carine Gimenez disse...

Tays ri muito com sua narrativa. Ri porque me identifiquei,também sou nojentinha com qualquer coisa que entre na cozinha,não gosto de comida com gosto de industrializado ou congelado.Eu sinceramente não sei como alguém pode comer arroz sem lavar.
Vou ver se encontro esse pacotinho mágico por aqui,gosto de paella,mas confesso que tenho preguicinha de fazer.
Beijos.
Bom feriado e boa páscoa para você e sua família linda.

Passando pra desejar pra vc, para sua família e especialmente pra gorda mais gostosa do Brasil, uma feliz Páscoa!!! bjs e deu água na boca!!!

Clau Finotti disse...

Oi querida!

Obrigada pela visitinha. Acho que essa paella só tem um defeito: você não me convidou, hehehe!

Olha só, em setembro tem projeto legal: meu niver é dia 18 e tô imaginando algo assim: No meu aniversário não me dê presente, me dê brinquedo. Eu farei isso no mundo real e virtual pra arrecadar fofurices pro Dia das Crianças. AMUUUU trabalhar com criançss e acho que poderia fazer muito mais.

Me manda e-mail : claudiene.finotti@hotmail.com

Bjos.

Clau

Amiga,que linda Paella.Amo comidas com frutos do mar,hoje fiz uma muqueca deliciosa...Esses dias só comidinhas gostosas por aqui..rs Vim te desejar uma Páscoa com muitas bençãos pra vc e sua família.Que o coelhinho recheie sua casa de ovos de amor e esperança.
Beijos pra goxxxtosa Mariana,e pro Lindo Léo.

Um beijooo carinhoso pra ti!

Penha Albert disse...

Tays,
Adorei sua receita de paella. Nunca fiz, mas depois desta postagem, me empolguei e vou fazer. Adorei!
Bjs, pra todos vcs, seus filhos são lindinhos!

Oi!!!
Eu vim conferir a receita rs.
Já usei esse kit congelado também. É muito bom.
Esse temperinho é tudo de bom também, não tem gosto de comida pronta não rs.
Dessa vez fiz o meu próprio tempero e também deu certo pq a base é açafrão mesmo.
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...